Quer saber o que fazer na represa de Igaratá? Quer conhecer um pouco da cidade? Então fique ligado neste post.

Moramos em Jacareí na região do Vale do Paraíba que fica no estado de São Paulo. No segundo semestre de 2016, iniciei um projeto para conhecer as cidades da minha região.

As vezes ficamos focados em conhecer as cidades mais conhecidas, as mais visitadas e esquecemos que existem lindas cidades bem perto da gente.

Como disse Rui Ribeiro Couto:

“Todas viagens são lindas, mesmo as que fizeres nas ruas de teu bairro. O encanto dependerá do estado da tua alma.”

História

Igaratá é um município brasileiro do estado de São Paulo, localizado na região do vale do Paraíba. A cidade fica aproximadamente a 90 km de São Paulo, e a 30 Km da cidade de Jacareí.

O nome “Igaratá” vem do Tupi – “Igara” significa barco/barca, canoa indígena. O significado mais conhecido é “canoa alta”, porém há registros do significado ser “canoa grande”, ou “canoa forte ou resistente”.

No início dos anos 60, surgiu o projeto de construção de uma represa que produzisse energia para satisfazer às necessidades de desenvolvimento do Vale do Paraíba. Por sua condição de ribeirinha do rio Jaguari, decidiu-se sacrificar o município. Com muitos esforços e dedicação das autoridades municipais, em 1968 surgiu a esperança de se reconstruir a cidade em outro local. A “Nova Igaratá” nasceu, oficialmente, em 5 de dezembro de 1969, a três quilômetros da “Igaratá velha”. Todos os moradores da velha foram transferidos para a nova cidade.

 Igaratá velha

Fomos visitar a Igaratá velha e não encontramos nenhum vestígio da cidade antiga, não avistamos nenhuma ruína, estava tudo totalmente submerso devido as chuvas de 2016, ainda bem que estava, pois depois da crise hídrica no estado é bom ver a represa cheia.

Igaratá-Velha O que fazer na Represa de Igaratá

Igaratá Velha

Morro Azul

Na mesma estrada que dá acesso a Igaratá Velha, é possível chegar no local mais alto da cidade, conhecido como Morro Azul que fica a 6 km do centro da cidade . Muitos trilheiros fazem o percurso de bike, é possível ir de carro mas a sinalização é muito precária, para chegar é necessário parar e perguntar aos moradores, pois tem poucas placas para indicar o local.

morro-azul O que fazer na Represa de Igaratá

Vista do Morro Azul em Igaratá

No topo do Morro Azul tem um Cruzeiro, não tem um lugar específico para parar o carro, você precisa deixar o carro na beira da estrada mesmo. Depois você segue uma pequena trilha de terra até o topo e consegue avistar as cidades vizinhas, e admirar a linda vista.

banner-booking O que fazer na Represa de Igaratá
cruzeiro-morro-azul O que fazer na Represa de Igaratá

Cruzeiro Morro Azul em Igaratá

Prainha em Igaratá

A prainha é uma área de lazer com acesso a Represa de Igaratá, ela fica a 500 metros do centro da cidade. Os moradores utilizam o local para se refrescar nos dias mais quentes, é um local onde moradores e turistas também pescam, não sei se é permitido ou não, mas nos dias que fomos havia várias pessoas pescando.

prainha1 O que fazer na Represa de Igaratá

Prainha Represa de Igaratá

Bem próximo da Prainha mora o Senhor José Carlos, ele leva turistas para pescar e conhecer a região, segundo ele existem várias cachoeiras para conhecer na represa, futuramente pretendo fazer o passeio com ele e relatar aqui no blog.

prainha2 O que fazer na Represa de Igaratá

Prainha em Igaratá

Restaurante

Na represa de Igaratá existem várias marinas com restaurantes, onde é possível almoçar e fazer passeios de Barco e Jet Ski, além de admirar a linda vista para Represa.
Conheci o Restaurante das Águas, ele fica fora da cidade, com acesso pelo Km 18 da Rodovia D. Pedro I, clique aqui e saiba mais sobre o restaurante.

Restaurante-das-Águas O que fazer na Represa de Igaratá

Pintado na Brasa – Restaurante das Águas

Ponto de Vista

Não conseguimos encontrar a Cachoeira do Ribeirão das Palmeiras, esse é outro ponto turístico indicado no site da cidade, mas não encontramos placas, e nenhum dos moradores para quem perguntamos, sabia sobre a cachoeira.

No meu ponto de vista a cidade de Igaratá poderia ter sido melhor as aproveitada para atrair os turistas. Ainda mais, sabendo que a cidade foi reconstruída após a construção da represa.
A cidade é bem pequena, a praça no centro também é, não tem espaço para estacionar o carro, a sinalização e estrutura dos pontos turísticos é bem fraca. Mas mesmo assim valeu a pena conhecer.

7.0 Média Geral
  • Avaliação do Rota de Viagem 7.0
  • Avaliação dos Usuários (3 Avaliações) 4.9
Compartilhar

Sobre o Autor

Faz de tudo um pouco, adora navegar pela internet e aprender coisas novas sobre diversos assuntos, gosta de viajar, conhecer lugares, culturas e povos diferentes ao lado da família.

Deixe um comentário

20 Comentários em "O que fazer na Represa de Igaratá"

Notifique-me de
avatar
Ordenar por:   Recente | Antigo | Mais Votado
Aline Pires
Visitante

Que lugar lindo.. e tão próximo né? Às vezes temos tanto a desvendar tão perto de casa e acabamos indo desbravar “terras alheias”. Muito legal esse projeto. Queremos fazer algo parecido aqui no Rio

Dayana
Visitante

Adorei o seu projeto de conhecer as cidades ao redor de onde mora. Se não fosse por ele, talvez nem tivesse ouvido falar de Igaratá. Fiquei chateada que infelizmente, como várias cidades do país, ainda está com o suporte ao turismo “deixando a desejar”. Mas vamos torcer que projetos como esse seu incentivem iniciativas para que isso mude. 🙂

Fabio
Visitante

“Todas viagens são lindas, mesmo as que fizeres nas ruas de teu bairro. O encanto dependerá do estado da tua alma.” – Essa frase é genial. Adorei o post. Aqui em Brasília, também estamos com alguns projetos parecidos de conhecer atrativos mais próximos. Vale a pena. 😉

Jessica Veneravel
Visitante

Muito legal! Também concordo que às vezes ficamos mais preocupados em conhecer as cidades mais famosas e acabamos perdendo as belezas que nos rodeiam. Parabéns pelo projeto!

Carolina Belo
Visitante

Legal Luan. Eu sei da existência dessa cidade porque há uma corrida que está na minha lista e que acontece em Igaratá. Bom saber dos locais para visitar quando for participar da prova (mesmo não tendo muita estrutura turística, como você disse)!
Abraços,
Carolina

mirella matthiesen
Visitante

Que lugar bonito! Não sabia dessa represa … aliás, esses lugares lindo do interior de São Paulo sempre me pegam de surpresa… não precisamos ir tão longe para descobrir bons passeios de final de semana, não é?

Luciana Rodrigues
Visitante

Gostei muito da frase do Rui Ribeiro Couto. Realmente o lugar é lindo e parabéns pela iniciativa de explorarem destinos perto de casa.

Guilherme Hoefelmann
Visitante

Dá pra passar vários dias nessa paisagem ae! Ótimas dicas e relatos! Pedalar ae dever ser muito irado!

amigas viajantes
Visitante

Luan, que post incrovel. Que paisagem. Fiquei com vontade de pedalar por aí.

Ruthia Portelinha
Visitante

É verdade, sonhamos com destinos longínquos e temos tantos lugares maravilhosos à distância de uma viagem de carro. Parabéns pela iniciativa e pelas imagens.
Abraço desde Portugal

wpDiscuz
CLOSE
CLOSE
Leia mais:
diRoma Acqua Park e Splash em Caldas Novas – Goiás

O diRoma Acqua Park é o maior e mais completo parque aquático da cidade de caldas novas, região conhecida pela suas...

Fechar